©
Ela te tratou como um rei, mó belezinha. Cê só esqueceu de tratar ela igual rainha
1 2
“E eu dizendo que tava prevendo
Seria inevitável não dizer
To te querendo
Viciou minha retina
Virou minha rotina
A causa da insonia é você, não cafeina
És obra divina, to te querendo, vem
Anoiteceu, apaga a luz, coloca a do Jorge Ben”
— Pollo -Love song


via  2853km  (originally  biomorphosis)
Há 1 ano11.021 notasreblog
originally biomorphosis • via 2853km

via  oicaradepudim  (originally  miraculosaemagica)

via  oicaradepudim  (originally  cher-la-vie)

Princesas podem usar all star, e príncipes um skate


via  girassois--no--escuro  (originally  momentalize)
todagarotaprecisadeum-otario:

Eu te superei… Mas, não superei os planos que fiz pra gente. Não supere seu riso ou sorriso, tanto faz, sua risada ainda é a mais linda que já ouvi, a mais gostosa de ouvir. Eu te superei, mas lembro da gente na escada, você me chamava de “minha baixinha” porque, segundo você, eu era a baixinha da sua vida. Eu sinto falta de você me chamando e rindo na escada. Lembra que te prometi que sempre te chamaria de meu, apesar de tudo? Isso afeta meu interior, te olhar e pensar do dia que te chamei de meu e você sorriu. Você sempre disse que partir sem dizer tchau é a melhor saída para quem tem medo de perder pessoas especiais, e eu sempre disse que sentir falta e querer de volta eram coisas diferentes. Estava tudo tão bem, e de repente pronto, se acabou.

É um pouco egoísta da minha parte, mas essa é minha despedida e sei que você odiará ler isso da mesma maneira que odeia despedidas, tô enterrando tudo que me lembra você em um cofre que mais tarde perderei a chave, tudo mesmo, a conversa sobre meu time, as nossas pipocas, nossas idiotices e nossos xingamentos, o seu perfume, sua respiração, extremamente tudo. Não, na verdade, guardarei um momento nosso, só por guardar mesmo, afinal, ouvir você me chamando de “minha” nunca se apagará da minha mente.

Ei, lembra de quando eu disse que sua felicidade me contagiava? Ainda é verdade, então, seja feliz ok? Faça de tudo para ser feliz, porque se você estiver feliz eu sei que também estarei. Se cuida meu amor, eu te amo, mas, adeus.
— Anna Almeida, ou sua baixinha.

todagarotaprecisadeum-otario:

Eu te superei… Mas, não superei os planos que fiz pra gente. Não supere seu riso ou sorriso, tanto faz, sua risada ainda é a mais linda que já ouvi, a mais gostosa de ouvir. Eu te superei, mas lembro da gente na escada, você me chamava de “minha baixinha” porque, segundo você, eu era a baixinha da sua vida. Eu sinto falta de você me chamando e rindo na escada. Lembra que te prometi que sempre te chamaria de meu, apesar de tudo? Isso afeta meu interior, te olhar e pensar do dia que te chamei de meu e você sorriu. Você sempre disse que partir sem dizer tchau é a melhor saída para quem tem medo de perder pessoas especiais, e eu sempre disse que sentir falta e querer de volta eram coisas diferentes. Estava tudo tão bem, e de repente pronto, se acabou.

É um pouco egoísta da minha parte, mas essa é minha despedida e sei que você odiará ler isso da mesma maneira que odeia despedidas, tô enterrando tudo que me lembra você em um cofre que mais tarde perderei a chave, tudo mesmo, a conversa sobre meu time, as nossas pipocas, nossas idiotices e nossos xingamentos, o seu perfume, sua respiração, extremamente tudo. Não, na verdade, guardarei um momento nosso, só por guardar mesmo, afinal, ouvir você me chamando de “minha” nunca se apagará da minha mente.

Ei, lembra de quando eu disse que sua felicidade me contagiava? Ainda é verdade, então, seja feliz ok? Faça de tudo para ser feliz, porque se você estiver feliz eu sei que também estarei. Se cuida meu amor, eu te amo, mas, adeus.

— Anna Almeida, ou sua baixinha.


“Meu quarto, meu coração, minha vida, tanto faz. Todos estão uma bagunça mesmo.”
Querido John.  (via atrair)

via  girassois--no--escuro  (originally  querido--john)


via  girassois--no--escuro  (originally  love-in-black-white)

via  girassois--no--escuro  (originally  quasepoeta)